Livro: Uma Casa na Floresta

Laura vive com sua mãe, seu pai, sua irmã mais velha Mary e o bebê Carrie numa casinha de troncos numa enorme floresta no Winsconsin.
O ano é 1868.

A história é simples, pois a narrativa segue a vida cotidiana da família. Mas tudo é tão diferente que o livro fica interessante.

O pai de Laura caça, as meninas ajudam a arrumar a casa, a mãe cozinha, eles vão visitar os parentes… tudo sem luz elétrica, sem geladeira e sem carros. As pessoas mais próximas, os vizinhos da floresta, estão a mais de um dia a cavalo de distância.

Para uma criança de cidade grande (o público alvo desse livro) é fascinante como as coisas podem ser feitas com aparentemente tanta privação. Mas aí entra também a outra qualidade do livro: a família de Laura, que tem valores que hoje em dia mal existem, e a educam de acordo. As noites cheias de histórias contadas à luz da lareira, o violino do pai que anima as festas, as brincadeiras com bonecas de pano e bexigas de porco, tudo é um relato quase histórico da vida de uma criança nessa época.

Encontros com panteras, lobos e abelhas selvagens são responsáveis pelo tom de aventura do livro, que não perde o interesse do leitor a nenhum minuto.
As ilustrações são excelentes e na medida certa, deixando a criança imaginar o resto por si mesma.

Uma Casa na Floresta é o primeiro livro de uma série baseada na vida da escritora Laura Ingalls Wilder.  Ela escreveu suas memórias romanceadas para mostrar aos netos a realidade tão diferente que ela havia vivido quando criança. Conforme ela vai crescendo – cada livro cobre de um a três anos da vida dela – as tramas também vão ficando mais adultas, como é natural, mas nunca perdem o encanto.
Excelente escritora que é, Laura preferiu escrever memórias romanceadas escolhendo eventos e ocultando outros, e às vezes mudando coisas de lugar. O resultado é uma obra literária que agrada a todos por ter uma trama coerente e tocante, sem o toque amargo da vida real.

4 ideias sobre “Livro: Uma Casa na Floresta

  1. Muito legal sua resenha, fiz uma viagem no tempo ao lê-la. “Uma Casa na Floresta” foi o primeiro livro que li, ainda guardo com carinho essa edição e as boas lembranças que ficaram na memória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *