Livro: The Misteryous Benedict Society

Reynard Muldoon é um garoto gênio. Ele vive num orfanato e tem aulas particulares com a Srta Perumal, de quem gosta muito. Um dia ele vê um anúncio no jornal pedindo “crianças super dotadas” e decide fazer o teste do qual o anúncio fala.
Ele passa, e descobre que agora pode fazer parte de um grupo de crianças que podem salvar o mundo: há alguém transmitindo pensamentos através dos sinais de TV e rádio; esses pensamentos estão deixando o mundo um lugar pior; crianças são usadas para fazer essa transmissão; Reynie e as outras crianças que passaram no teste devem se infiltrar numa escola para geninhos que é o lugar de onde vem essas transmissões malignas.

O quarteto de personagens principais é Reynie, um exímio estrategista e rápido pensador, Sticky, que memoriza tudo o que vê e ouve, Kate, uma garota forte e atlética cheia de bugigangas super úteis que leva em um balde amarrado na cintura, e a turrona e mal humorada Constance, cujo maior poder parece ser a teimosia.

Essas quatro crianças são angariadas, através do tal teste, pelo Sr. Benedict, um velho simpático que sofre de narcolepsia e vem há anos tentando impedir os planos do vilão que quer dominar o pensamento de todos.

Daí pra frente é só diversão, com as crianças entrando na tal escola para gênios e tendo de fazer o possível e o impossível para conseguirem descobrir os planos do diretor e criador da escola, Ledroptha Curtain, um assustador cadeirante de óculos escuros.

Um livro divertido, movimentado e que coloca as crianças como protagonistas de forma muito natural: as explicações de porque as crianças são usadas é convincente, e os adultos tentam constantemente tirá-las do perigo – algo que aparentemente os professores de Hogwarts precisam aprender a fazer.
Vale a pena.

Uma ideia sobre “Livro: The Misteryous Benedict Society

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *