Livro: Searching for Dragons

Mendanbar é o rei da floresta encantada. Por isso, ele consegue não só ver a magia da floresta como também utilizá-la pra seus propósitos.

Ele está bem entediado em seu castelo, vivendo apenas com sua gárgula mal humorada e com seu mordomo-primeiro ministro-assistente elfo, que insiste em que ele deve se casar para manter a tradição.

A visita do líder dos magos faz com que Mendanbar desconfie que há algo errado em seu reino, e ao passear pela floresta, ele encontra uma princesa esperando ser resgatada. Ela está bem irritada – e irritante – e diz ter ficado dias vagando por uma desolação desértica.

Intrigado para saber como uma desolação desértica veio parar no meio da floresta encantada, Mendanbar descobre que a desolação desértica é na verdade um espaço da floresta que não tem magia. A magia foi roubada e matou parte da floresta, que afinal é magia pura. Já raivoso para descobrir o responsável por esse ultraje, e pegando umas escamas de dragão que ele encontra na cena do crime, Mendanbar vai atrás de respostas.

A bruxa Morwen o manda falar com o rei dos dragões, afinal ele encontrou escamas de dragão na tal desolação. Seguindo seu conselho, Mendanbar vai até a caverna de Kazul, rei dos dragões, e lá encontra sua princesa, Cimorene. Que está bem irritada pelo fato de que Kazul saiu para visitar um familiar e ainda não voltou.

Impressionado com a diferença entre Cimorene e as outras princesas que ele conhece, Mendanbar concorda em acompanhá-la na busca por Kazul, já que Cimorene não tem dúvidas de que os responsáveis pela desolação na floresta encantada são os magos, que têm mania de roubar magia dos outros.

Gente, esse livro é tão cheio de clichês que você já sabe quase o que cada personagem vai falar. Mas não tem como não amar! Mendanbar é tudo o que eu esperava pra ser o par românico de Cimorene. Os magos continuam sendo malas. E Kazul continua sendo a melhor rei dos dragões do universo!
Apesar de ter menos dragões que o primeiro livro da série, e do personagem principal não ser Cimorene, eu gostei muito desse livro. Não tem o frescor do primeiro, mas Mendanbar é um protagonista decente e um bom personagem.
Vamos ver o que acontece no próximo volume da série!

Título original: Searching for Dragons (1991)
De Patricia C. Wrede (EUA)
Crônicas da Floresta Encantada Livro 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *