Livro: Os Elefantes Não Esquecem

Esse é mais um livro da dupla Poirot / Sra. Oliver.
Ela é a madrinha de uma garota que quer saber a verdade sobre a morte dos pais, ocorrida há muitos anos.
Ele, por ser amigo dela, acaba entrando na investigação em busca de “elefantes”: a Sra. Oliver mantém que apenas os elefantes, ou seja, pessoas que não esquecem, podem dar pistas a respeito da história dos pais da garota.

O mistério é muito bom: um casal que se amava e vivia bem um dia é encontrado morto a tiros. As impressões digitais de ambos estão na arma, e só se pode chegar à solução pouco convincente de um pacto de morte. A garota, Celia, que tem 20 e poucos anos e está prestes a se casar, quer saber o porquê de tal ato.

Um dos problemas do livro, pra mim, é a maneira como a autora descreve as cenas. Nunca se sabe quem está falando o que, e as frases são melodramáticas como num filme B. Isso pode ser por causa da tradução, mas eu preciso de outra versão dele pra comprovar.

Além disso, a autora poderia ter criado uma maneira melhor de introduzir o crime na vida dos envolvidos: a futura sogra de Celia pergunta à Sra. Oliver, numa festa, se ela sabe se foi o pai de Celia que matou a mãe e depois se matou ou se foi o contrário. A idéia da mulher é usar essa informação, de alguma forma, pra impedir o casamento de Celia com seu filho.
O problema é que isso não se sustenta. É uma premissa pífia pra tentar impedir um casamento. Infelizmente Celia cai na parada e passa a achar que talvez tenha herdado alguma loucura e seja uma pessoa desequilibrada que pode matar seu próprio marido. Mas isso também não faz sentido, porque a autora descreve Celia como sendo uma garota forte e cheia de personalidade.
Assim que Poirot descobre que as impressões digitais de AMBOS os mortos estavam na arma, isso seria o suficiente para Celia deixar de se achar louca, já que isso só podia significar que ambos os pais dela pegaram na arma: um se matou, depois o outro pegou a arma e também se matou. Certo? É só descobrir o motivo, não precisa ficar achando que vai ser levada prum hospício porque vai “ter um episódio”.

Mas enfim. É um livro onde o crime original é bem bolado, a resolução também é digna, mas o motivo que leva o detetive até o crime deixa a desejar. E também, o Poirot me irrita.
Pra quem gosta da Agatha Christie vai ser divertido, apesar de eu achar um dos livros menores dela.
Uma curiosidade: esse foi o último livro escrito por ela com os personagens Poirot e Sra. Oliver.

Título Original: Elephants Can Remember (1972)
de Agatha Christie (Reino Unido)

2 ideias sobre “Livro: Os Elefantes Não Esquecem

  1. Bueno ja li a tanto tempo e na epoca nao dava muita bola para como foi escrito queria era ler mesmo, mas ele esta na minhas releituras, vamos ver…
    Mas gosto bastante desse livro XD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *