Livro: O Ladrão de Raios

Percy Jackson é um garoto comum, um pouco menos feliz do que a média. Ele é disléxico, está prestes a ser expluso de mais um colégio, não tem amigos e tem um padrasto mega mala.
Até o dia em que sua professora de álgebra se transforma num monstro na sua frente e tenta matá-lo.
Depois disso Percy passa por alguns momentos traumáticos na sua vida: sua mãe é transformada em purpurina pelo Minotauro (sabem, o monstro metade de baixo homem, metade de cima touro), seu melhor amigo se revela na verdade um fauno (simpáticos rapazes metade de cima homem, metade de baixo bode), sue professor de história, em vez de um senhor de cadeira de rodas, se revela ser um senhor centauro (O centauro, na verdade, um poderosíssimo cavalo puro sangue com torso humano) e… Percy descobre que com toda certeza é filho de algum dos deuses do Olimpo.
Sabe o que mais me irritou no filme do Hércules da Disney?
O Hades.
Ok, eles precisavam de um vilão. Ok, eles nunca são fiéis a nenhuma obra em que se baseiam. Ok, o filme é inteiro uma besteira sem fim e o que é aquele Pegasus ajudando Hércules. Mas enfim. Hades me irritou muito, primeiro porque mudaram totalmente a personalidade dele (Faramir, alguém?) e segundo porque ele não tinha nada que ter a voz do Gênio do Aladim!
Isso me deixa em dúvida se esse livro é tão bom ou se eu só fiquei feliz de ver um Hades retratado do jeito certo.
Fora o fato de que Percy tem uma memória muito boa para todos os mitos gregos (predisposição genética, assim como sua facilidade em ler grego antigo e sua dislexia para ler inglês moderno), e fora o fato de que, pra variar, colocam moleques de 12 anos pra fazer um trabalho que poderia perfeitamente ser feito por um ADULTO, o livro é bem humorado, inteligente, atraente para a faixa etária que é seu alvo, e, principalmente, foi escrito por alguém que entende de mitologia grega. 
Isso me deu um alívio tão grande que, como já disse, talvez eu tenha gostado mais do livro por isso.
O livro é bem divertido, contando como Percy, depois de descobrir que é filho de um mega foda deus do Olimpo, é acusado de ter roubado o Raio de Zeus, uma arma poderosíssima. Ele parte então, junto com seu amigo fauno e com uma filha de Atena igual a Hermione, pra tentar 1- evitar uma guerra no Olimpo, 2- inocentar-se da acusação de roubo e 3- descobrir quem foi realmente o ladrão.
Destaque para Cérbero brincando com a bolinha e Caronte reclamando do salário.
Mas o mais foda mesmo, é Ares numa Harley. Quem conhece mitologia grega sabe. Tem coisa mais maneira de se imaginar?

Bem legal.

5 ideias sobre “Livro: O Ladrão de Raios

  1. Oi!
    Tô com esse livro aqui, mas ainda não li. Vou ter que dar um jeito nisso.
    Adorei a resenha, eu tbm acho maneiro imaginar Ares em uma Harley.
    Bjs

  2. Hahaha teu resumo foi otimo!
    Eu vi o trailer pro filme + não me interessei porque mostraram muito da história… sabe aquela coisa de que nem precisa ver o filme pra saber a história toda… daí nem me animei pra ver…

    O livro, no entanto, muito me interessou.

    =)

  3. A série Percy Jackson e os Olimpianos é sem dúvida uma das coisas mais legais surgidas no campo da literatura de fantasia já há uns bons anos! Escrevi também sobre o primeiro volume no meu blog, assim como sobre o filme, quando puder dê uma conferida. E além de tudo, que agradável surpresa ver que mais alguém também toma a defesa do injustiçado deus Hades! (Aproveite e confira também meu post sobre o novo [e fraco…] Fúria de Titãs, que escrevi logo após ver o filme e postei hoje. Lá eu falo do Hades, rssss) Abraços, belo blog o seu!

  4. Meeu le os outros livros da sériee..
    mtoo fodaa.. no final da série acaba com uma nova profecia e dai vem otra sériee 😀
    o livro 1 só tem nao tem no Brasil por enquanto, mas tem na net…
    o nome da série é os heróis do olimpo..
    abração aee !!
    bem massa o blog 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *