Livro: O Duque e Eu

o-duque-e-eu

Romance bonitinho que acontece na Inglaterra do início do século XIX. O Duque de Hastings tem traumas de infância que podem impedi-lo de reconhecer a dádiva do amor; Daphne Bridgerton sofre da síndrome da melhor amiga e acha que nenhum homem olhará para ela sem ser dessa forma. Será que eles vão ficar juntos? Como em todo livro desse tipo, o mistério não é o importante, e sim a forma como o romance acontece.

Primeiro livro da série Os Bridgertons.

Simon Basset é o bonitão Duque de Hastings. Ele teve muitos traumas na infância e odeia seu pai, que sempre preferiu o título à própria família. Por isso Simon não quer saber de se casar, já que no início do século XIX casamento = filhos e ele não vai dar ao pai a satisfação da continuidade da linhagem. Mesmo depois do pai dele ter morrido.

Daphne Bridgerton é a bela e inteligente mulher mais velha da enorme família Bridgerton. Apesar da beleza e personalidade agradáveis, Daphne sente que todos os homens pelos quais ela se interessa a consideram apenas como amiga, enquanto os que de fato pedem sua mão são ou velhos ou idiotas.

Simon e Daphne se sentem imediatamente atraídos um pelo outro, mas há dois problemas na situação: ciúmes doentios por parte de Anthony, o irmão mais velho de Daphne e (ex) melhor amigo de Simon. E o esquema dos filhos, já que Daphne sonha com uma família grande e feliz e Simon vive com o fantasma do pai. Será que Daphne vai conseguir conquistar a confiança de Simon e salvá-lo do trauma de infância?!

Eu sei, eu sei. Eu ando lendo muitos romances melecosos. Mas esse foi especial porque a moça escreve bem, é engraçada e eu curto muito a época da história, mesmo  ela tendo sido um horror para a maior parte das mulheres (deserdada por ter beijado um cara numa festa, gente, nesse nível). E também admito que a pegada Jane Austen + cenas de sexo quente não é nada desagradável. O trauma do duque me pareceu muito mimimi, mas eu gostei muito da Daphne, dos irmãos dela e especialmente da senhora Bridgerton, engraçadíssima e muito mais ligada nos esquemas do que os filhos imaginam. Pra quem gosta de romances melecosos, era vitoriana e cenas hot, é um livro bem divertido.

Informações técnicas: The Duke and I (2006) de Julia Quinn. Série Bridgertons Livro 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *