Livro: O Adversário Secreto

Um dos primeiros livros da Agatha Christie e apresentando Tommy e Tuppence, esse é um conto fofo e inocente de aventura, espionagem e uma pitada de romance.

Alguns anos depois do fim da primeira guerra mundial, Tommy e Tuppence são dois jovens empreendedores em Londres, ambos com uma lamentável necessidade de fundos. Ele, que já tentou de tudo depois de ser dispensado do exército, está quase sem dinheiro. Ela, que também está procurando emprego depois que deixou de trabalhar num hospital durante a guerra, morre de medo de ter que voltar a morar com o pai no interior. Ao se reencontrarem após anos separados, resolvem começar uma nova empreitada para conseguir reunir pelo menos alguns trocados.

É quando entra em cena o sinistro Sr. Whittington, fazendo uma proposta das mais estranhas a Tuppence. Ela, arriscando um nome ao acaso, acaba descobrindo uma trama complexa que envolve uma jovem desaparecida, documentos importantes do governo e espionagem do pós guerra. O serviço secreto entra em cena e explica tudo à dupla espantada: eles inadvertidamente caíram no meio da busca por Jane Finn, uma jovem que portava documentos para o governo e que agora está desaparecida junto com os papéis – que, se forem encontrados, podem significar uma nova guerra. Já que a polícia e o serviço secreto foram incapazes de chegarem a uma solução, Tommy e Tuppence são contratados para fazerem uma tentativa, para ver se os amadores podem conseguir o que os oficiais não conseguiram.

Os dois jovens então passam a trabalhar nisso: ela, com suas habilidades que ganhou cuidando da casa do pai, entra como empregada na casa da bela e fatal Sra. Vandemeyer, que está obviamente ligada ao grupo de vilões que pode estar por trás do desaparecimento de Jane Finn. Tommy, por sua vez, fica encarregado de seguir o Sr. Whittington e descobrir a quem ele responde. Em ambos os casos eles se deparam com o mesmo nome: um misterioso Sr. Brown, que nunca ninguém viu mas de quem todos têm medo. Esse Sr. Brown pode inclusive estar por trás de um plano maléfico que quer desestabilizar o governo britânico e levar toda a Europa de volta ao caos.

Com a mesma leveza dos primeiros trabalhos da autora, esse livro é divertido e fácil de ler. Tommy é um jovem dos mais honestos e com uma bravura diante das adversidades que fica sendo adorável, especialmente quando vemos que na verdade ele está morrendo de medo. Tuppence, como uma ‘jovem moderna’, impressiona pelo desembaraço e coragem tanto quanto pela impaciência ao receber a atenção dos cavalheiros: ela pode perfeitamente cuidar de si mesma, obrigada. Com esses dois protagonistas e uma trama ágil e interessante, até dá pra esquecer de todos os clichês – até porque, com o livro sendo tão antigo e famoso, pode-se dizer que os clichês foram os subsequentes, e não esse.  Além disso, por eu ter lido quase que todos os livros da Agatha Christie, reconheço outros exemplos de situações semelhantes que ela pôde desenvolver melhor em livros mais recentes, e por isso a sensação de familiaridade. De qualquer forma, os protagonistas continuam sendo únicos, e conquistam o leitor com sua franqueza da juventude, e isso deixa o livro ainda hoje muito agradável de ler. Recomendo!

Pra quem lê em inglês, esse livro está disponível gratuita e legalmente no site Gutenberg.org em vários formatos de livro digital (assim como O Misterioso Caso de Styles, da mesma autora).

The Secret Adversary (1922) de Agatha Christie. Série Tommy e Tuppence Livro 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *