Livro: Not Quite Dead Enough

not quite dead enoughCom dois contos excelentes, esse é mais um da lista dos bons da dupla Nero Wolfe e Archie Goodwin – dessa vez eles têm que resolver um problema de proporções nacionais durante a Segunda Guerra Mundial. O primeiro conto é muito melhor, e o segundo já é dos bons. Archie vai preso por assassinato; Wolfe tem que resolver um contrabando de explosivos. Coisa fina.

Archie Goodwin está no exército.

Na época da segunda guerra mundial, Archie se alista e quer muito atravessar o Atlântico para matar alemães, mas seus superiores acham que ele vai ser mais útil de outra forma. Depois de passar alguns meses em trabalhos burocráticos, Archie recebe uma ordem que ele não sabe se vai conseguir cumprir.

Nero Wolfe quer ir para a guerra. Para isso, mudou completamente seus hábitos e faz questão de sair todos os dias para caminhar, com o intuito de perder peso, entrar em forma, e se alistar. O exército tentou de várias formas convencê-lo a participar da guerra de uma forma mais condizente com suas habilidades, mas nada feito. Então um general desesperado dá a ordem a Archie: ele tem que deixar Washington para ir a Nova York para convencer Wolfe a largar as caminhadas e ajudar o exército com um problema de contrabando de armas.

O primeiro conto do livro mostra a forma genial como Archie tenta sacudir Wolfe de sua obstinação; o segundo conta da investigação de Wolfe com o tal contrabando. Não tem muito como contar mais sem estragar toda a história, então por enquanto só recomendo MUITÍSSIMO esse livro – é um dos ótimos da série.

Só vou dizer que a única forma que Archie encontra para chamar a atenção de Wolfe é ser preso por assassinato, e quem conhece a série só vai imaginando a bagunça.

Excelente.

Informações técnicas: Not Quite Dead Enough (1944) de Rex Stout.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *