Livro: Mágica Pela Metade

Esse livro me lembrou muito os livros da Edith Nesbit, que são inclusive mencionados na história: grupo de irmãos pobres que são deixados sozinhos por muito tempo pois a mãe precisa trabalhar fora para sustentar a casa descobre uma moeda dos desejos e vive mil aventuras e confusões.

Mas a graça da história é a seguinte: a moeda só faz metade dos desejos. Então, se você desejar viajar até uma ilha deserta, a moeda vai levar-lhe a um deserto. Se você quiser que o seu gato de estimação comece a falar, ele vai falar numa “meia-língua” que ninguém entende… ou falar por apenas metade do tempo.

Os irmãos não se sentem desencorajados, no entanto, e logo pegam a prática de lidar com o tal objeto – é só desejar tudo em dobro, oras.

Um livro divertido, que não trata as crianças leitoras com condescendência e é cheio de ação do início ao fim. Não preciso nem dizer que minha parte favorita é quando a gata deles começa a “falar pela metade”. Destaque para as aventuras do grupo nos tempos do Rei Artur e no tal deserto para que vão sem querer quando desejam ir para a ilha deserta.

Muito fofo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *