Filme: Los Angeles – Cidade Proibida

Jack Vincennes é um policial que ganha dinheiro dando dicas da “vida real” pro ator principal de um seriado policial na TV.
Edward Exley acabou de ser promovido a tenente, e quer trabalhar na Homicídios. Mas sua atitude CDF e caxias não o faz muito popular entre os colegas.
Bud White é um policial violento e bronco, mas de bom coração, que acabou de ter o parceiro expulso da polícia por causa de uma dedo-duragem do Exley.

Os três se vêem envolvidos na guerra de sucessão do tráfico, depois que o chefão foi preso por sonegação de impostos. 

Tudo isso na Los Angeles dos anos 30, cheia de estrelas de Hollywood, onde a principal fonte de informação e fofocas é a revista Hush Hush, escrita pelo inexcrupuloso Sid Hudgens.

Mas vai complicar mesmo quando acontece um tiroteio que mata o ex-parceiro de White; Vincennes consegue uma pista sobre um serviço delivery de drogas e prostituição que envolve Sid Hudgens e um senador; e Exley e White se envolvem com a mesma mulher, uma prostituta que é igual a Verônica Lake.

Há alguns pontos a serem considerados para explicar porque esse é um dos meus filmes favoritos no mundo inteiro.
Foi o filme que alçou Russell Crowe ao estrelato. Claro que Bud White é o personagem mais maneiro do filme (ou talvez Jack Vincennes, o Kevin Spacey é tão blasé!). E já dá pra ver muito do que grande ator que Crowe viria se tornar.

A história policial é muito eficiente; o diretor conseguiu transformar o livro enorme e chato num suspense ágil e surpreendentemente surpreendente.
E a Kim Basinger nunca esteve tão bonita.

Mais alguma desculpa pra não ver esse filme hoje?


Los Angeles – Cidade Proibida (L.A. Confidential) – 1997 
de Curtis Hanson 
com Russell Crowe, Kim Basinger, Kevin Spacey, Guy Pearce, Danny DeVito, James Cromwell, David Strathairn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *