Livro: Lock and Key

Peguei esse livro por causa da capa, que achei linda.
Quando li a ‘sinopse’, dizendo que a personagem principal sempre espera o pior das coisas para que assim nunca fique desapontada, achei isso tão familiar que comprei o livro sem pensar duas vezes.
Gente, eu sou MUITO assim!!
Enfim. A Ruby foi abandonada pela mãe e agora tem que morar com sua irmã mais velha, que não vê há quase dez anos.
A vida de luxo que a irmã lhe oferece só a faz se ressentir mais da nova vida, e Ruby se recusa a se entrosar na escola ou a deixar que se colega bonitão se aproxime, acostumada que está a ser abandonada pelas pessoas em quem confia.
Ok, eu não fui abandonada pela moms, mas tenho uma resistência a confiar nas pessoas e um pessimismo absoluto que vocês não imaginam. Além disso, o namorado que eu arranjei é beem parecido com o tal do Nate, o vizinho bonitão e otimista que está sempre sorrindo e é tão simpático que dá enjôo (sim, a Ruby fica enjoada no começo, assim como eu fiquei…).
Li o livro de uma tacada só; a narrativa fluente, a história e o romance entre os protagonistas, que é bem mais sensível (e plausível) que esses outros livros para teens pela aí garantem a emoção e a diversão desse livro.

Pode ser que seja por causa do tanto que eu me identifiquei com as situações narradas no livro, mas achei muuuuito legal. Indispensável. E olha que capa bonita!!

5 ideias sobre “Livro: Lock and Key

  1. Que legal !
    Eu também sou meio assim. Me falta o deslumbramento… Concordo com a Alê. Namorado assim tá em falta no mercado. Cuida bem dele. Deixa esse enjôo pra lá. Tadinho!!!! Vou procurar esse livro. Adorei.
    Beijos de fada.
    Luka.

  2. Pois é, Hérida, foi uma leitura diferente das que estou acostumada… quem sabe começo a curtir mais Chick lits… =D

    Gente, claro que tratei bem o garoto, até porque tá comigo até hoje. Sou mal humorada mas não sou trouxa, né! hahahaha

    btw, é ele o Homem Atômico que TÃO RARAMENTE aparece por aqui =D
    beijos!

  3. A capa é linda mesmo….mas me assustei ao saber que você sempre espera o pior das coisas….nossa!!!! Assim a vida fica difícil de ser divertida. Faz isso não, menina! Sabe que a energia que colocamos nas coisas fazem toda a diferença, né?

    Eu espero sempre o melhor, e tem dado certíssimo! 🙂

    Amei sua resenha, esse vai pra minha lista!

    beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *