Livro: Garoto Linha Dura

Era um dos que me faltavam na coleção do Stanislaw.

Felizmente estão reeditando toda a obra dele!

O livro foi escrito antes do AI:5, mas a situação como era na época está toda lá.

Como sempre, ele fala com humor das situações mais simples do mundo, e você rola de rir.
Quando eu lia ele pequena, nem percebia a crítica social e política (não fazia idéia de quem era a tal “Redentora” rs), e foi interessante ler um texto dele pela primeira vez já sabendo onde ele queria chegar.

O nome, como o próprio autor diz, é o mesmo do da primeira crônica do livro, ‘como fazem todos os cronistas pela aí’.
A questão é que o tal garoto linha dura chuta a bola no vidro da sala e, com a maior cara de pau, acusa o filho do vizinho.
Quando o pai dele vai confirmar a história, ele acrescenta: “Esse menino do vizinho é um subversivo desgraçado. Não pergunte nada a ele não. Quando ele vier atender a porta, o senhor vai logo tacando a mão nele.”

Ou seja, mesmo com a simples nomeação do livro o cara já tá emitindo opinião política.
Tem que ser mestre.

Título: Garoto Linha Dura (1964)
De Stanislaw Ponte Preta (Brasil)
“Quarto” livro da série

Com as palavras-chave

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *