Livro: Ella Enfeitiçada

Era uma vez uma menina que recebeu um dom de uma fada quando nasceu.
O dom da obediência.
Ella, portanto, é obrigada a obedecer qualquer ordem que lhe derem. Os pedidos, como “por favor, você pode me passar o sal?”, tudo bem, ela pode ignorar, mas qualquer ordem, como “venha logo comer”, faz com que ela obedeça imediatamente.
Ella bem que tenta ir contra, mas fica com náuseas, tontura, tremedeira e mais outros sintomas, até que o “dom” a faz ceder.

Na primeira parte do livro, Ella perde a mãe e é enviada para uma “escola para damas”, já que seu ambicioso pai quer que ela se case logo com alguém rico.
Quando uma de suas colegas descobre seu dom – que está mais para maldição – e começa a fazer sua vida ficar um inferno, Ella foge da escola para encontrar Lucinda e pedir que retire o dom.

No caminho ela encontra seu amigo de infância, o príncipe Char, que a ajuda na sua viagem mesmo sem saber o que ela procura – a mãe de Ella, após um incidente desagradável com a filha de uma empregada, a proibiu de falar sobre seu dom com qualquer pessoa.
Mas infelizmente ela não consegue que Lucinda a ajude, e volta para casa para encontrar seu pai de casamento marcado com Dama Olga, uma senhora bastante desagradável porém muito rica, que tem duas filhas.
Para desespero de Ella, a mais velha é justamente a menina que descobriu seu dom na escola para damas. Quando o pai de Ella viaja novamente para vender suas mercadorias, Dama Olga não hesita em transformar Ella numa empregada – e Hattie, a filha mais velha, conta para a mãe e para a burrinha irmã mais nova, Olive, sobre o “dom” de Ella.

A história não deixa de ser uma versão da Cinderela, mas com elementos originais que deixam o livro muito agradável. Ella é uma garota de personalidade forte e que só é submissa quando é obrigada a sê-lo. Seu romance com o príncipe é real e bem construído. A ambientação é descrita brevemente mas de forma eficiente, e consegui facilmente visualizar o mundo de Ella.

Um livro inteligente e muito bem escrito, Ella Enfeitiçada dá gosto de ler. A ‘pegada’ dos contos de fadas está lá, mas com uma visão mais interessante e elaborada que faz com que o livro seja encantador. Os personagens bem construídos e a narrativa em primeira pessoa que flui rapidamente, além da própria história, que nos deixa no suspense até o final, transformam esse livrinho num dos muito recomendados por mim.

Título: Ella Enfeitiçada (1997)
Título Original: Ella Enchanted
De Gail Carson Levine (EUA)

2 ideias sobre “Livro: Ella Enfeitiçada

  1. Ai, li esse livro na minha adolescência por causa do lançamento do filme (que é divertido, mas não tem nada a ver). Uma fofura de livro. Uma graça como ela (Ella, rs)* e o Char se apaixonam via cartas. Uma delícia de leitura.
    * Enquanto lia as pessoas achavam que o livro era em espanhol por causa do nome da menina, rs.

    Bjs
    Lisa

  2. ja vi o filme, mas pelo o que vc disse nao tem nada a ver com o livro. comecei a ler seu blog agora, mas ja amei! s2
    Luiza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *