Filme: Como Agarrar Meu Ex-Namorado



É ruim quando você adora muito demais um livro e aí Hollywood vem e faz uma adaptação.
Não dá pra evitar ter aquele friozinho na barriga de “eles vão estragar tudo!”, mas também não dá pra não ver o filme.

E aí eles fizeram a adaptação de uma das minhas séries favoritas: Stephanie Plum.

Steph é uma ex-vendedora de lingerie que, quando a situação aperta, resolve virar uma bounty hunter (que não existe no Brasil e ficou com o nome Boba Fett de “caçador de recompensas”). 

Então eu vou explicar o que um bounty hunter faz que se não não dá pra entender o filme. 
Era uma vez um criminoso que foi preso, pagou fiança e vai responder ao processo em liberdade. Só que aí, quando a polícia emite o papelzinho falando que “amanhã é o dia do seu julgamento”, o tal criminoso não aparece mais e pronto: ele é culpado de mais uma contravenção, a FTA – failure to appear: falha em comparecer quando a polícia te chama.
Só que a polícia tem mais o que fazer do que ficar indo atrás de FTAs, então existe gente que vai atrás desse povo por uma singela parte do valor da fiança.

Podemos imaginar que, enquanto tem muita gente que comete crimes bobos e depois esquece de aparecer no juiz pra dizer que foi sem querer, tem também muita gente barra pesada.

Então é no mínimo engraçado que a Stephanie, uma patricinha que anda sem dinheiro, queira sair por aí capturando criminosos pra depois entra pra polícia.

Os atores escolhidos para o filme foram excelentes. Katherine Heigl está perfeita como Steph, uma mulher bonita porém sem tempo pra se cuidar, de saco cheio da família ficar falando que ela precisa casar logo, e com uma vida sem muito futuro.

Quando ela se desespera e aceita o trabalho de bounty hunter com o seu primo Vinny, ela pretende se conformar buscando gente sem importância por uns meros trocados, até que ela se depara com o nome do seu antigo desafeto de adolescência: Joe Morelli, que tirou a virgindade dela sem nem um telefonema depois, agora é um policial acusado de ter matado um traficante e com a cabeça a prêmio – e o dinheiro que Steph conseguiria ao capturar Morelli é suficiente pra tirar ela da pendura por um bom tempo.

Só que estamos falando de uma moça que não sabe sequer usar um spray de pimenta indo atrás de um tira durão que supostamente anda por aí matando traficantes, que conseguiu não ser capturado por seus colegas policiais até agora e que, para desespero de Steph, está mais atraente do que nunca. 

Essa parte do filme eles pegaram bem: a Steph falida, o Morelli bonitão, até o Ranger sexy e másculo deu certo. A família dela também está muito engraçada, com direito à impagável Debby Reynolds como a Vovó Mazur.
E aí é que entra o problema: o filme é uma boa comédia romântica, mas o livro é um excelente policial engraçado.

No livro, a ameaça pela qual Stephanie passa é muito real. Eu fiquei com medo do boxeador psicopata: ele persegue Stephanie com telefonemas obcenos, pendura a Lula espancada na janela dela como ameaça; enfim. Dá um medão, e coloca Stephanie em situações realmente ameaçadoras. No filme é tudo tão light que não dá pra ser levado a sério, e nem acho que essa foi a intenção da diretora. No entanto, eu senti muita falta disso, e gostaria que tivesse sido abordado de alguma forma. 

Detalhe para a “tradução” mega infeliz do título. Como Agarrar = Um Milionário? Mas esse filme não é velho? 
Ex-namorado = mas ela nunca namorou com ele! 
Enfim. Uma pena.


Como Agarrar Meu Ex-Namorado (One For The Money) – 2012
de Julie Anne Robinson
com Katherine Heigl, Jason O’Mara, Daniel Sunjata, John Leguizamo, Debbie Reynolds,Sherry Shepherd

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *