Livro: A Guerra dos Tronos

O problema é que eu tenho tanta coisa pra fazer que acabo sendo meio injusta com meus livros novos. Já falei aqui do meu problema crônico de comprar mais livros do que tenho tempo pra ler, e aí quando finalmente resolvo ler o livro, se ele não me empolga logo, largo e pego outro da lista.

Foi o que aconteceu com esse Guerra dos Tronos, que comprei há séculos (tipo uns dois anos) na expectativa de ler uma boa fantasia – fama que o livro tem desde que foi lançado – e no final das contas o prólogo não me empolgou. Na verdade, agora que fui ver, eu tinha lido o prólogo e mais uns dois capítulos, e aí eu desisti porque achei o livro sério demais, muito Bernard Cornwell.

Só que esse ano fizeram a série da HBO baseada no livro, e eu me revoltei. Como assim eu tenho o livro há séculos na prateleira e agora vai ficar famoso? Se tem uma coisa que eu não suporto (eu sei, é bem idiota) é quando eu descubro um livro legal mas todo mundo acha que foi a TV ou o cinema que descobriram pra mim.
E aí peguei o meu antigo Guerra nos Tronos – que eu tinha até encapado pra me animar a levá-lo na mochila – e me forcei a pegar de novo. Nem comecei do começo mais, porque já lembrava que não tinha gostado. Fui rebelde e comecei do terceiro capítulo!

E não é que deu certo?
O prólogo e os primeiros capítulos, como eu vi depois, ficam mais legais depois que você já leu o livro. Eu acho meio estranho um prólogo que precisa do resto do livro pra ser compreendido, mas o fato é que acontece. Mas quando eu venci minha reticência inicial, que feliz que eu fiquei!

O livro é muito empolgante, de uma forma que fazia tempo que eu não via. A história se divide entre o ponto de vista de vários personagens, e se passa num mundo medieval fantástico onde o verão pode durar anos e o inverno pode durar décadas. Os personagens são extremamente bem construídos, a trama é de tirar o fôlego, e a ambientação é perfeita, fazendo com que o livro seja simplesmente inlargável!

Eu comentaria sobre a história, mas isso seria spoiler não somente para os que ainda lerão o livro como para quem está acompanhando a série, então me limito a dizer que o título em inglês o livro, A Game of Thrones, define melhor o que acontece na trama: duas famílias, os Stark e os Lannister, são envolvidas no jogo político do reino quando o rei Robert faz questão de nomear seu velho amigo Eddard Stark como sua mão direita depois que seu último conselheiro morre. Os Lannister, familiares da rainha, ficam irritados, já que esperavam que, após a morte do antigo conselheiro, Jaime Lannister, irmão da rainha, fosse nomeado. Além disso, do outro lado do mar, os últimos descendentes do rei que Robert destronou para pegar a coroa conspiram para invadir o reino e pegar de volta o que lhes foi tomado.

O livro avisa que a história é sobre uma guerra de poder e influências no reino, mas como eu geralmente prefiro fantasia mais light – por exemplo Diana Wynne Jones e livros com essas histórias que focam em um personagem principal – o universo multi-narrativo do livro e o clima pesado me desempolgaram no começo.
Mas depois que peguei o ritmo, me encantei com o mundo criado pelo autor. Claro que como preciso de um personagem principal pra ficar torcendo por ele, escolhi Tyrion, que apesar de ser um Lannister e ter seus momentos de tensão, é um personagem facinante, engraçado, inteligente e muito mais humano que o mega-cheio-de-princípios Ned Stark.

Enfim. Uma leitura obrigatória pra quem curte fantasia, curte livros históricos tipo Cornwell, curte livros de intrigas na realeza ou simplesmente achou a série muito foda e quer saber de onde eles tiraram tudo aquilo.

Winter is coming!

Informações técnicas: A Game of Thrones (1996) de George R. R. Martin. Crônicas de Gelo e Fogo Livro 1

6 ideias sobre “Livro: A Guerra dos Tronos

  1. Conheci o livro no ano passado, quando a Leya publicou aqui no Brasil. Foi amor a primeira vista, pois meus generos favoritos são épicos históricos e fantasia. A série é perfeita p/ mim.
    Confesso que não senti a dificudade que vc experimentou no inicio do livro, mas a sua sinceridade é super legal. Tenho certeza que varios leitores tbm desistiram do livro antes da história empolgar, e a sua mudança de opinião pode animar esse leitores.
    Tbm adoro o Tyrion,mas tenho carinho especial por Arya e os lobos ..claro. rsrs
    Parabéns pela resenha.
    Bjs

  2. Me apaixonei pelo livro.
    Mas pelos motivos que cito no link abaixo, não assistirei a série antes de ter lido o terceiro livro:
    http://aberturalateral.blogspot.com/2011/05/guerra-dos-tronos-hbo-quem-nao-leu-o-3.html

    Desde o começo do livro eu já o achei interessante, inteligente e singular. Quando terminei, ele já estava no meu TOP5 dos melhores livros já lidos.

    Estou com a Fúria dos Reis aqui em casa, só aguardando que eu termine outros dois livros…

  3. BAHH depois que começou a serie, eu simplesmente estou enlouquecida par aler, mas ainda não posso comprar!
    QUe bom que vc adorou… Otima resenha!

  4. Eu tinha um amigo do trabalho que sempre me falou muuuuuito do livro… E eu sempre quis ler…

    Comprei o primeiro aqui na feira de livros de Lisboa. Mas ao contrário de você, me empolguei logo nos primeiros capítulos (apesar do Prólogo estar realmente fora de colocação… devia começar logo com o primeiro capítulo do Brann)

    Me peguei tanto ao livro que já comprei os 4 primeiros! hahaha
    Estou adorando!

    Beijos!

  5. Ahh, mt compreensível a desistência…tive vontade de parar tbm, mas sou neurótica e acho que livros não devem ser deixados de lado…rsrs
    então li e fiquei mega feliz depois, tbm, embora a leitura do segundo volume esteja lerda.
    De fato, é um livro que Às vezes mega empolga, e as vezes é broxante, com extensos capítulos moribundos.

    http://www.leituraacida.blogspot.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *