Livro: A Forma da Água

shape of waterDois garis estão limpando uma fábrica abandonada que é usada como puteiro a céu aberto quando descobrem um senador morto dentro de um carro.

Quem tem que resolver o caso é Salvo Montalbano, inspetor de polícia da ilha de Vigatà, na Sicília. Ele logo se depara com inúmeras pistas que apontam para Ingrid, a esposa sueca de um colega do senador. Montalbano não se deixa convencer, no entanto, por achar que a coisa está óbvia demais. Além disso, a esposa do morto, uma distinta senhora, lhe dá informações bastante interessantes.

Esse é o primeiro livro do Montalbano, e algumas características dele foram sendo melhoradas com o tempo. No entanto, nesse já dá pra ver as duas coisas que eu mais gosto nele: seu amor pela comida e seu mal humor.

A ambientação, numa ilha fictícia da Itália, faz com que as situações relatadas tenham um tom muito familiar para mim que venho de família italiana. As melhores cenas são quando Gallo, o policial que adora dirigir como piloto de fuga, sempre se ferra porque os pneus das viaturas são constantemente furados pelos malfeitores locais e ele se esquece de checar.

A trama policial em si é interessante, especialmente porque temos as pistas falsas sendo confundidas por pistas verdadeiras e pela personalidade da própria Ingrid, um achado.

Um romance policial inteligente, diferente dos tradicionais por ter personagens mais humanos, e um livro que não dá pra largar.

Informações técnicas: La Forma Dell’acqua (1994) de Andre Camilleri. Série Inspetor Montalbano Livro 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *