Livro: A Casa do Penhasco

A história é de Nick Buckler, uma garota que vive numa casa de praia que fica perto do hotel onde Poirot está de férias com Hastings. Mas ela sofre diversos acidentes suspeitos, e Poirot finalmente acredita que a menina está em perigo de vida e que há alguém tentando assassiná-la. Agora ele precisa correr contra o tempo para que o assassinato não seja cometido, ao mesmo tempo em que luta para descobrir ao menos um motivo pelo qual alguém se beneficiaria do crime.

Eu não sabia se tinha lido ou não, mas sabia que não tinha na estante, daí comprei.
E quase tive vontade de jogar longe quando percebi que tinha esquecido de ver se era com o Hastings. E é claro que era.

Meu, como o Hastings me irrita!

Primeiro que ele é uma cópia barata do Watson. Mas o Watson não era tão malamente certinho quanto o Hastings e principalmente não era estúpido igual; além disso ele foi interpretado pelo Jude Law no cinema, e isso o faz automaticamente muito mais maneiro.

E segundo porque ele é chatooooo. O tempo todo ele fica se escandalizando com o fato de Poirot fazer coisas totalmente condenáveis como escutar atrás das portas ou ler cartas pessoais. E ele sempre suspeita da pessoa errada e acha que a pessoa certa nunca seria capaz de cometer um crime. Mas tipo. Ele é sidekick do Poirot há SÉCULOS. Era pra ele ter aprendido, caramba!!

E aí é lógico que da primeira vez em anos que não li o primeiro parágrafo do livro antes de comprar, percebo que é o mala do Hastings que narra a história. E ainda por cima eles tão velhos.

Nada contra os velhos. Mas o Poirot falando que tá aposentado pra depois se arrepender, e o Hastings achando que o Poirot tá ficando gagá toda vez que ele faz as maluquices de sempre (se são maluquices de sempre, por que só agora o Hastings acha que ele tá gagá?) fazem com que o livro fique mais cansativo.

Mesmo assim me diverti com a leitura. Eu realmente me surpreendi com a identidade do assassino.

Como sempre, um bom policial, da rainha do crime.
Mas o Hastings me irrita.

Título Original: Peril At End House (1932)
de Agatha Christie (Reino Unido)

Uma ideia sobre “Livro: A Casa do Penhasco

  1. eu li alguma coisa com o Hastings dia desses. Algum em que o Poirot fica BEM doente. Não lembro o nome. Mas não gostei não. Não sou tão fã do Poirot pra dizer a verdade, prefito muito mais a Miss Marple.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *