Filme: A Bela Adormecida

Outro dia tava lendo um blog que falava das mensagens subliminares nos filmes da Disney. Achei engraçado até o ponto em que eles diziam que as crianças não deviam assistir esses desenhos porque a mensagem subliminar ‘entrava na mente’ e deixava a criança bizonha, etc. Aí já achei meio muito.

De qualque forma, A Bela Adormecida foi um dos desenhos que eu assistia todo dia quando criança – junto com A Pequena Sereia, que aliás falam que tem uma das torres do castelo do pai dela que a verdade é um enorme pênis dourado. Não sei em que ponto fui influenciada por isso depois, mas com certeza não foi algo negativo… =).

E independentemente de mensagem subliminar, o que me deixou surtada pro resto da vida, assim como a todas as outras meninas indefesas que hoje em dia são o que são por causa desse filme maldito, foi a mensagem explícita, não a subliminar!!
Vejamos um exemplo.

A Aurora, que é criada como camponesa pelas fadas Fauna, Flora e Primavera para que a bruxa Malévola não a encontre e a faça dormir pra sempre, sonha com seu príncipe (“aoooondiii, aooondiii” etc etc). Aí, ela encontra o tal príncipe, eles cantam e se apaixonam (e o povo que achava que era zoeira o que eles puseram em Encantada, era nada! tá aqui, nesse filme!).
Aí, quando tá na hora dela ir embora, ele, desconsolado, pergunta:
“Mas quando a verei novamente?”
E ela, fugindo, “oh, nunca, nunca!”
“Nunca?”
Pausa.
“Talvez um dia…”
“Mas quando??”
E ela, já lá longe, “esta noite…”

Porra, mano, que mina descompensada do cacete! Numa hora é nunca, depois já é naquela noite mesmo! Uma das minhas amigas, vítimas dessa mensagem mais do que clara, diz que toda vez que não conseguia o que queria, chorava que nem quando a Aurora não vai poder ver o príncipe porque tem que ir pro castelo (deitava na cama e ficava, “hu-hu-hu”).

Eu, por outro lado, fui vítima da fada Primavera. Ela é gordinha, mal humorada e fala que nem quem tem nariz tampado (minha situação durante toda a minha infância). Além disso, os dubladores só se confundiam com ela: atémalévolagelaraflote fez com que até hoje ninguém me entenda quando eu falo, porque fica tudo enrolado! Mas que ela é foda, isso ela é, porque quando as fadinhas discutem o que fazer ela sugere que transformem a Malévola num sapo capenga!! E a outra diz, “mas Primavera, nossa mágica só pode ser usada para o bem e para a felicidade”; Primavera não dá a mínima e diz “isso me faria feliz”. Total minha filosofia!

Mas enfim. É conto de fadas, é Disney e eu achava o máximo.
E a Malévola é uma das melhores vilãs A MELHOR VILÃ de todos os tempos!!

A Bela Adormecida (Sleeping Beauty) – 1959

2 ideias sobre “Filme: A Bela Adormecida

  1. Adoooooro esses personagens que têm personalidade, rsrsrs. Essa fada ruleia!

    Segredo pros templates? Magina! Mais fácil que tirar doce da boca de… ah, vc sabe. Táqui ó:

    http://btemplates.com/

    É só ter paciência pra procurar, tem zilhares. E quando vc for instalar o seu (é só subir o arquivo xhtml, xml, sei lá que vem zipado) tenha o cuidado de salvar o que vc colocou no seu template anterior (textos da barra lateral, links, etc), pq ele sobrescreve tudo. Depois é só voltar pra edição de layout e ir adicionando de novo os gadgets, na base do copia-e-cola.

    Será que fui clara? Bom, se tiver mais complicado que explicado, é só pedir um help 😉

    Bjos e valeu pela visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *